Drawings, Sculpture and something more from Sandra Borges

Processo 3 – Contas

Esta página serve de diário para a realização da instalação Contas: resultante da combinação de vários elementos de pedra, a instalação será um colar gigante de contas há semelhança dos colares de Viana do Castelo.

Muitas das peças de ourivesaria desta região são,  por tradição, construídas peça a peça ( como as contas de Viana ) consoante as possibilidades financeiras de quem o faz. O curioso é que onde quer que se encontre uma portuguesa ou descente de português, é  muito provável que se encontre uma conta de Viana, estando estas pequenas jóias espalhas pelo mundo.

Se o colar simboliza a ligação destas contas ao seu ponto de origem através do círculo, a individualidade de cada um dos elementos simboliza a nossa riqueza cultural. Uma identidade cultural não se constrói apenas dos padrões que lhe são endémicos, mas também das influências externas que recebe através dos emigrantes e imigrantes ao longo da História.

This page is a diary for the making of a installation titled Contas: made of an assortment of stone elements, it will be a giant bead necklace like the ones from Viana do Castelo.

Many of this region jewellery are, traditionally, made piece by piece ( from Viana beads ) according to the financial wealth of the owner. The curious thing is that where ever you find a Portuguese or a Portuguese descendant, you’ll most likely find a Viana bead, being this way scattered by the world.

If the necklace stands for the connection of the beads to it’s point of origin through the circle, the individuality of each one stands for our cultural wealth. Our cultural identity isn’t built solely from endemic patterns, but also from external influences that it receives from emigrants and immigrants through out History.

Padrão inspirado na filigrana tradicional portuguesa. Se bem que este tipo de trabalho é comum a outros países do Mediterrâneo, é em Portugal que se encontram as mais antigas peças deste tipo, datando da II Idade de Ferro e de provável influência cartaginesa.

Bass relief inspired in the Portuguese traditional filigree. Even if this king of work is common to other Mediterranean countries, it’s in Portugal that one can find the oldest pieces of this kind, dated from the II Iron Age and probably of Cartage influence.

Aspecto tradicional de uma conta de Viana.

Traditional look of a Viana bead.

Aspecto tradicional de uma conta brazileira. Penso que tenha sido uma derivação da conta de Viana feita pelos ourives no Brasil e mais tarde adoptada pela ourivesaria portuguesa.

Tradicional look of a brazilian bead. I think it’s a derivation from the Viana bead made by the Brazilian jewelers and later on adopted by the portuguese jewelry.

A Flor de Liz é um motivo que sempre esteve associado a um certo imaginário monárquico. É possível que esta adopção de um “francesismo” possa estar relacionado não só com a influência francesa do séc. XIX mas também com os movimentos migratórios do séc. XX.

The Liz Flower is a symbol that was always associated to a certain royal imaginary. It’s possible that the adoption of it might be relates not only to the XIX century French influence but also with the migration movements of the XX century.

Inspirada nos entrançados de cabelo das mulheres de origem africana, esta conta inspira-se na nossa profunda relação com o continente africano, não só pelos Descobrimentos e a colonização, mas principalmente pela contínua presença da comunidade africana em Portugal desde o séc. XV.

Inspired on the African women’s hair woving, this bead is inspired by our deep relation with the african continent, not only because the Discoveries and the colonization, but mostly by the continuos presence of the african comunity in Portugal since the XV century.

Esta conta parte de uma observação de como os motivos dos xailes minhotos se aproximam dos xailes russos, com as suas decorações de flores e cornucópias. Talvez um diplomata português os tenha trazido para Portugal ou vice-versa…
This bead comes from the observation of the similarity between the portuguese and russian scarves. Maybe a portuguese diplomat brought it to Portugal or the other way around…
 Para além da joalharia, existem outros marcos da passagem dos portugueses, como é o caso da “calçada portuguesa”. Não deixa de ser curioso pensar que Cascais, Copacabana e Macau têm o mesmo padrão de calçada.
Besides the jewelry, there are other signs of Portuguese inflence, like the “portuguese pavement”. It’s particularly curious to think that Cascais, Copacabana and Macau have the same pavement pattern.
Contas - instalação, calcário e latão, 2012

Contas – instalação, calcário e latão, 2012

Contas - instalação, calcário e latão, 2012

Contas – instalação, calcário e latão, 2012

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s